Linha Editorial

dizzan

Linha Editorial

Este veículo é um veículo de ideologia anarquista e que se pretende porta-voz de um coletivo cada vez mais amplo e mais um meio de divulgação da ideologia de dos atos anarquistas dia a dia.

Nossa linha editorial obedece a urgência da luta anti-opressões, da luta ecológica, da luta de classes e da luta anti-estado. Temos por central a ideia de que a liberdade e a emancipação humana não podem ocorrer sob o estado e que a derrubada do estado exige também a derrubada de todo tipo de hierarquia, de opressão e de secessão entre indivíduos da espécie humana.

Além disso, a vida é um bem comum entre homens e natureza e a ação humana tem sido sob muitos sistemas, em especial sob o capitalismo, uma força de devastação ambiental sem tamanho e sem igual, sendo comparável apenas às forças geológicas que moldaram o planeta antes que tivéssemos meios de devastá-lo com nosso engenho. Neste sentido é central a luta contra a ação humana o que gerou a crise ecológica e suas facetas gritantes na crise hídrica e na crise climática, todas interligadas com a fome do capital pela ampliação eterna de seus lucros em nome da miopia histórica sobre os limites dos ecossistemas, vistos apenas como fornecedores de meio de geração de lucro.

Assim, este veículo é um veículo que não tem por nome Anarquia ou Barbárie apenas como slogan e palavra de ordem publicitária, mas que acredita que a anarquia  a única forma de superarmos as contradições entre capital e natureza, entre estado e natureza, e entre as sociedades hierarquizadas e uma vida sem opressão.

Lutamos por um mundo anárquico e nos propomos neste veículo sermos um meio de expansão da divulgação das ideias e movimentos anarquistas que reflitam o combate homofobia, ao racismo, à transfobia, à misoginia, às hierarquias, à devastação ambiental, à  carrocracia, à corporocracia e ao genocídio dos povos originários e das populações tradicionais.

Nossa linha editorial tem por exigência publicações anarquistas, de notícias, poemas, charges, textos próprios ou republicações com fonte. Divulgaremos ideias, atos, ações diretas.

O coletivo buscará se posicionar com análises de conjuntura periódicas, com notas sobre assuntos de relevância, com agitação e propaganda pelo voto nulo, sobre ideias anarquistas, com cobertura de debates e seminários.

Toda nossa atividade será divulgada em nossas redes sociais, no twitter @anarcoubarbarie ou na  nossa Fan Page cujo link é https://www.facebook.com/anarquiaoubarbarie .

Buscaremos manter colaboração fixa de autores que falem sobre a questão ambiental, feminista, LGBT, cultural, racial, etc.

Manifestamos nossa oposição frontal a ideologia estatista, sem no entanto ser sectário com avanços sociais promovidos por governos e partidos. O que não impede de manter a critica ao estado e ao capitalismo como ferramentas de dominação, ou seja, pontuar que os programas melhor colocados no atendimento ao povo são elementos de mitigação de problemas muito mais sérios e que são apenas ferramentas do estado de redução do descontentamento da população enquanto permanece sendo ferramenta de repressão da resistência á burguesia.

Esta ferramente é libertária e não está a serviço de partidos ou do estado.

É anarquia ou barbárie!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s